Os azulejos são uma parte marcante de Portugal e, ainda, contam a sua história. Podem ser encontrados em estações de trem, igrejas, conventos, casas, palácios, jardins, monumentos e em qualquer lugar que você possa imaginar, sendo a marca registrada do país. Os primeiros azulejos foram importados pelo rei D. Manuel I, em uma de suas viagens à Espanha, em 1498, para decorar as paredes do seu palácio, o Palácio Nacional de Sintra.

Painel localizado no Mosteiro de São Vicente de Fora, em Lisboa.

A forma mais utilizada para decorar os azulejos foram as aplicações em azul sobre o fundo branco. Esse tipo de aplicação permitia que a pintura ficasse concentrada, evidenciando o valor e a qualidade do traço. As artes reproduzidas retratam contextos do quotidiano cortesão, episódios bíblicos e momentos da fase dos Descobrimentos. Aqui no Brasil, ainda há resquícios da arte em azulejos trazidos pelos colonizadores, como pode ser visto em Salvador, BA, na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco de Salvador ou na Igreja da Boa Viagem; em Campinas, SP, no Palácio dos Azulejos (eventual Museu da Imagem e do Som), no Rio de Janeiro, RJ, na Igreja do Outeiro da Glória.

Arte encontrada na Igreja da Boa Viagem, em Salvador, BA

No entanto, como uma forma de preservar a cultura e valorizar essa forma de arte, a nossa vinícola conta com mais de 20 painéis de azulejo do artista Jesus Lima Fernandes, que utiliza a técnica milenar portuguesa. Os painéis possuem temas religiosos, como a Santa Rita de Cássia, padroeira da fazenda em que está instalada a Vila Açoriana; e, também, temas relacionados à colonização, à vinícola e à história do vinho.

Mais do que um elemento decorativo ou um ornamento, o azulejo significa uma extensão da caminhada artística e criativa de um país, a qual pode ser observado em nossa Vila Açoriana como uma homenagem ao nosso passado.

Fonte: A história do azulejo português

Azulejo Português

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: